Inícios matadores

1 de agosto de 2015
in Category: Dicas, Escrita
0 466 0
Inícios matadores

Inícios matadores

Inícios matadores: como marcar um momento emblemático enfadonho

por K.M. Weiland


(transcrição do vídeo)

Há montes de dicas sobre o que início de sua história deve fazer e fazer bem, mas acho que é seguro afirmar que talvez a coisa mais importante seja o momento emblemático.

Agora, “O” momento é a introdução do seu protagonista. Mas é mais do que simplesmente uma apresentação do personagem. Não é um blasé “olá, como vai? prazer em conhecer”. É um momento viva-ou-morra-a-primeira-impressão-é-a-que-fica. Pois se você introduzir seu personagem de um jeito blasé, os leitores assumirão que ele á um personagem blasé.

Ok, então introduza seu personagem de uma forma impressionante, que convença os leitores de que ele é um personagem impressionante. A pegadinha é que você tem de fazer isso de um modo que seja relevante à trama. Você não pode simplesmente propor uma cena randômica impressionante e jogá-lo nela.

O que quer que aconteça nesse momento emblemático tem de fazer mais do que apenas ilustrar a natureza da personalidade do seu personagem. Também deve afetar cada cena seguinte, ou ao menos ser uma cena que será referenciada de forma importante mais tarde na história. Isso é difícil de fazer.

Se você quer um exemplo de um ótimo momento emblemático, assista logo a introdução de Justified, que se inicia in media res sem nem ao menos limpar a garganta.

O policial protagonista aparece, induz um chefão do crime a puxar uma arma e atira nele sem pestanejar. É uma cena pungente que abrange o coração do personagem, seus dilemas e demônios pessoais.

E, tão importante quanto é que não é apenas uma cena solta. Ela conduz o personagem de volta à sua cidade natal no Kentucky, e deflagra um conflito com gângsteres – e seus perseguidores – trazendo-lhe vários problemas.

Isso é lindo, beirando a perfeição. É o tipo exato de momento emblemático que devemos nos esforçar para criar em nossas histórias.

justified

Send to Kindle
, , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *