Sem vontade de escrever?

10 de dezembro de 2013
in Category: Dicas, Escrita
4 1956 0

Sem vontade de escrever?

»» versão do artigo “Not in the writing mood?”, escrito por James Duncan, publicado em 13/08/2013 no Writer’s Digest ««

Ficar sem vontade de escrever pode acontecer com qualquer um de nós. E retomar pode ser muito mais difícil do que contar o caminho daquela boate secreta aberta até altas horas. Mas se você não tentar vencer a falta de vontade, então não estaremos escrevendo, e se não estamos escrevendo… bem, então não podemos ser chamados de escritores, certo?

Um dos meus métodos preferidos para recuperar a vontade é ler um pouco de algum dos meus autores prediletos do gênero que estou escrevendo. Por exemplo, se estou escrevendo um texto noir, Alan Furst ou Raymond Chandler sempre me inspiram. Se for algo mais ousado, talvez Hunter S.Thomson ou Charles Bukowski (contudo devemos ser cuidadosos ao pegar emprestado o espírito e não a voz do autor). Outra técnica que uso, quando não estou a fim de continuar a novela que estou escrevendo, é tentar escrever um conto, um ensaio ou um poema. Às vezes, mudar de gênero e forma serve de gatilho para minha inspiração.

Dick_bookshelf_commons[1]

Jack Smith, autor do recém publicado Write and Revise for Publication, é um profissional no que se refere a dar um passo atrás e achar um jeito para desatar os nós de uma novela ou estória, e estar a fim de escrever é um problema que ele procurou resolver tanto para si próprio como para tantos estudantes e leitores que ajudou ao longo dos anos. Aqui está o que ele diz a respeito:

Sendo escritor você tem de estar constantemente escrevendo. Precisa gerar um monte de palavras, revisar, fazer um ajuste fino até sentir que finalmente terminou seu livro. Mas e se você estiver sem vontade de fazer isso?

Por que não experimentar meu “método de drible”?

Sente-se e obrigue-se a escrever 100 palavras. É isso. O que irá provavelmente acontecer é que você ficará a fim e escreverá mais um pouco. Essa centelha de produtividade pode ser tudo o que você precisa. E ter um objetivo menor irá enganar sua mente, fazendo-a pensar que você vai apenas molhar os dedos do pé em vez de se preparar para mergulhar de cabeça. O truque geralmente funciona. Mas digamos que você não se sinta inspirado a escrever mais… cem palavras é melhor que nenhuma, certo?

Por que não 200 ou 300? Percebe que 300 palavras correspondem a 2000 em uma semana? E quanto tempo demora para você escrever 300 palavras? Provavelmente uns 5 minutos, se você martelar o teclado. Mas manter esse limiar baixo, como eu disse, facilita sair da inércia. E depois de começar, você chega a 200, 300 ou mais sem pressa.

E não se preocupe com o jeito que estarão essas primeiras cem palavras. Pode estar bem ruim, mas foi um início. Pode estar um pouco melhor. O que você precisa mesmo é achar sua voz. Precisa olhar uma hora depois e perceber que escreveu um capítulo inteiro.

Se você realmente não estiver a fim de produzir algo novo, tente outra coisa. Escolha algo que tenha escrito e faça uma rápida edição. Isso não demanda grande esforço. Apenas pegue uma estória ou um trecho de uma novela e melhore o vocabulário, ou apenas leia para ter certeza que está claro. Desfrute a estória pelo que ela é, sem editá-la (mas você o fará, certo?) e você ficará surpresa com o que sente. Uma vez que tenha feito isso, provavelmente fará mais um pouco, nessa estória ou em alguma outra.

Às vezes você simplesmente não está curtindo escrever. Ou não se sente inspirado. Mas se você não tiver intenção de fazer muito, e ao invés disso apenas driblar esse momento com pequenos esforços, talvez você se perceba produzindo apesar da sua falta de vontade.

18wrk1[1]

Send to Kindle
, , , , , ,

4 comments on “Sem vontade de escrever?”

  1. Nicole Siebel disse:

    Olá! Muito válida a ideia de escrever sobre isso. Como você disse, acho que todos passam por esse momento de não ter inspiração ou ficar sem vontade de escrever. A técnica que você sugeriu parece boa para ajudar nessa situação. Assim como você, também busco reler autores dos gêneros que estou escrevendo ou então me dedicar a outros projetos quando não estou conseguindo continuar um texto.
    Abraços,
    Nicole,
    http://www.meigaemalefica.blogspot.com
    http://www.randomcast.com.br

    1. Cristine disse:

      Olá Nicole,
      Agradeço a leitura e os elogios, apesar de o texto não ser meu 😉
      Das dicas citadas, a que funciona melhor comigo é escrever outro texto, ou simplesmente anotar ideias para outros textos. Cada um precisa descobrir qual a melhor maneira de lidar com isso.

      Abraços e boas leituras

  2. Monique disse:

    Gostei desse post, viu? Tava precisando de umas dicas bacanas e úteis assim para ajudar nesse problema.
    sete-viidas.blogspot.com

    1. Cristine disse:

      Olá Monique
      Que bom que foi útil 🙂

      Abraços e boas leituras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *