Como dar um feedback de escrita construtivo

22 de novembro de 2019
in Category: Dicas, Escrita, Miscelânea
0 104 0
Como dar um feedback de escrita construtivo

Como dar um feedback de escrita construtivo

»» versão do artigo “How to Give Writing Feedback that’s Constructive, Not Crushing”, publicado em 19/06/2017 no Grammarly blog ««

Criticas precisam ser manejadas com habilidade, um meio-termo entre atenuante e esmagador. Este conselho ajudará você a dar um feedback construtivo que deixará o escritor animado para fazer melhorias em vez de procurar a pedra mais próxima para rastejar para baixo dela.

Como editor-chefe, ajudei muitos escritores a produzir conteúdo mais legível. Acho que tive talento para dar conselhos úteis. Isto é, até que uma amiga escritora pediu minha opinião sobre o livro que estava escrevendo. Apontei onde a trama parecia lenta e os personagens estava chatos. Ela certamente deveria estar grata pelo meu conhecimento e seguir em frente para deixar seu livro ainda melhor, certo?

Nem tanto. Na verdade, ela afinal confessou que meus comentários fizeram com que ela se fechasse e parasse de escrever durante meses, convencida que estava fadada ao fracasso e que sua carreira literária estava acabada.

Muitas pessoas têm boas intenções e não querem fazer críticas ferrenhas. (Bem, há alguns críticos grosseiros, mas eles não são o público deste artigo.) Você está aqui porque você quer aprender como dar um parecer bom, conciso e que não irá deixar o autor na defensiva ou, pior, esvaziar seus espírito. Veja como fazer.

Lembre-se de que criativos podem vivenciar a síndrome do impostor

Somos pessoas frágeis, nós, os criativos. E, ironicamente, quanto mais talentosos somos, mais provável nos acharmos uma completa fraude – aspirantes indignos de sucesso. Na verdade, alguns criativos acumulam conquistas impressionantes enquanto sentem com certeza que, a qualquer momento, alguém irá expô-los como nada mais que um dissimulado.

Esse fenômeno psicológico é chamado síndrome do impostor, e atinge escritores que produzem desde poesia a ficção, passando por relatórios mensais de marketing. Pode muito bem ser isso que você irá enfrentar ao dar um feedback honesto a um escritor. Mesmo que ele não admita abertamente, o escritor pode sentir que ele não deveria estar escrevendo e que deveria desistir e dar espaço para talentos reais.

“O primeiro problema de qualquer tipo de sucesso limitado é a convicção inabalável de que você está escapano com algo e que, a qualquer momento, irão te descobrir.”
Neil Gaiman

Tenha em mente a psique do autor quando estiver preparando seu feedback e tenha certeza de mostrar-lhe o que ele fez certo assim como o que precisa de melhorias. Cada obra de escrita tem seus pontos fortes, então olhe para eles e esteja preparado para apontá-los.

typewriter

Leia tudo. Cuidadosamente.

Leia o manuscrito cuidadosamente uma vez (ou duas) entes de comentar. O escritor está em uma posição vulnerável. Ele acaba de lhe entregar sua cria e antes mesmo que você sugira que seu filho recém-nascido pode não ser atraente, você deve provar a ele que deu mais do que uma olhada rápida e fez um julgamento breve.
Não seja superficial. Leia atentamente. Tome notas. Se não pode se comprometer a fazer isso, não dê feedback.

Esqueça a “técnica do sanduíche”

Vocé já deve ter ouvido sobre a técnica do sanduíche, que encaixa a crítica entre os elogios. É muito usada por gerentes para dar feedback a seus funcionários, mas muitos profissionais a consideram ineficaz atualmente. Pense a respeito. Isso ajudaria a suavizar uma crítica incisiva?
“Leio a maioria de seus artigos e os aprecio, mas sua gramática e ortografia são péssimas. Você tem certeza que se graduou no ensino médio? Você entregou um manuscrito muito bom, apesar de tudo, bom trabalho!”
Em vez de críticas duras entre pontos positivos vazios, seja honesto. Não enfeite, mas também não destrua a escrita. “Diplomacia” é sua palavra-chave.

Exemplo:
Detesto ver erros de ortografia e gramática tirar a atençáo de artigos promissores. Já pensou em usar o Grammarly como um segundo par de olhos para auxiliar na revisão?

Faça perguntas que conduzam o escritor na direção correta

O objetivo de uma crítica não é mostrar o quanto você sabe. É ajudar o escritor a expandir seu potencial. o melhor feedback deixa o escritor sentir que ele despertou e saber o que necessita de revisão para fazer com que sua escrita funcione.

Exemplo:
Você acha que é possível simplificar este parágrafo? Frases mais curtas devem funcionar. O que acha de lê-lo em voz alta e ver onde você consegue melhorar a fluidez?

Não escolha

correcoesFeedback é realmente sobre a qualidade das suas sugestões, não a quantidade. Se o trabalho do autor precisa de revisão, sugira uma revisão completa em vez de apontar cada pequeno erro de gramática, ortografia ou pontuação. Se a voz passiva ou escolhas pobres de vocabulário são recorrentes, recomende que o autor preste mais atenção a essas coisas.
Um monte de comentários, não importa o quão construtivo seja, pode ser opressor. Escolha alguns dos pontos mais importantes que o escritor pode melhorar no manuscrito, e então dê exemplos para facilitar o entendimento do seu comentário.

Exemplo:
Muitos verbos auxiliares podem drenar a energia da sua escrita. Tente identificar alguns e reescrever. Por exemplo:
Ele estava andando andou até o mercado para encontrar Mary.

É uma crítica, não uma resenha

Não trate o feedback da mesma forma que trataria uma resenha. Na maioria dos casos, quando alguém pede seu feedback, você está olhando para um trabalho em andamento, não algo finalizado. Dar feedback é sobre encontrar formas de sugerir melhorias, não declarar que o trabalho é falho e ir embora. Compartilhe suas ideias e dicas.
Quando você critica escrita, seu trabalho é determinar se o escritor realizou aquilo a que se propõs, seja escrever uma boa história ou um bom discurso de vendas. Foco naquilo que o escritor pode fazer para melhor a próxima versão e você irá ajudá-lo a criar um manuscrito bem-sucedido.

Send to Kindle
, , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *