3 sinais de pontuação para incorporar à sua escrita hoje

1 de fevereiro de 2014
in Category: Dicas, Escrita
2 1169 0
3 sinais de pontuação para incorporar à sua escrita hoje

3 sinais de pontuação para incorporar à sua escrita hoje

(fonte: Huffington Post – “3 Punctuation Marks to Incorporate Into Your Writing Today“)

A maioria das pessoas não perde muito tempo pensando em sinais de pontuação. Nós não somos a maioria. Quando bem utilizada, a pontuação consegue dar ritmo ao texto ou mudar completamente seu sentido. E mesmo assim muita gente depende apenas de um punhados de sinais para se expressar.

Vírgulas e pontos são o pão-com-manteiga da pontuação: familiares, seguros… e suaves. Para apimentar um pouco as coisas, alguns escritores lançam um ponto de exclamação. Às vezes, para horror de professores e revisores, colocam mais de um na sequência. O falecido Elmore Leonard recomenda aos escritores: “Mantenham seus pontos de exclamação sob controle. São permitidos no máximo dois ou três a cada 100 mil palavras.” Em linguagem de revisor (N.T.: revisor de língua inglesa), um ponto de exclamação é chamado de “bang”, e o uso exagerado deles, particularmente em mensagens e emails, foi apelidado de “bangorrhea”.

maquina de escrever

Em 2013, um artigo do site Mental Floss enaltecendo “13 sinais de pontuação pouco conhecidos que você deveria estar usando” (“13 Little Known Punctuation Marks We Should Be Using“) assinalou que apesar de alguns deles serem bastante úteis – a falta de habilidade de demonstrar sarcasmo num texto já causou mais de um mal-entendido épico – teclados-padrão não costumam ter a “sarcmark” (N.T.: abreviação para “sarcasm mark”, sinal de sarcasmo) ou a “interrobang” (N.T.: “?!”, ponto de interrogação + ponto de exclamação). Aqui estão três prontamente disponíveis, porém infelizmente negligenciados, sinais de pontuação que você deveria começar a utilizar hoje.

Ponto-e-vírgula

O ponto-e-vírgula não é exatamente obscuro, mas com que frequência você o utiliza em sua escrita diária? A Grammar Girl (também conhecida como Mignon Fogarty) afirma que há duas razões para incluir o ponto-e-vírgula na sua escrita: variar a estrutura das sentenças e ressaltar o relacionamento entre duas orações independentes. Lembre-se: uma oração independente é um pensamento completo contendo sujeito e predicado. Pode se sustentar sozinho como uma frase simples, ou pode ser combinado com outra oração independente compondo uma sentença.

Compor uma sentença demonstra uma relação entre as orações. Você pode usar uma vírgula e uma conjunção, mas por que não variar um pouco e interromper usando um ponto-e-vírgula?
Ponto-e-vírgula é a opção mais sutil; demonstram a relação sem alardeá-la como as conjunções fazem. Para uma aula irreverente e ilustrada sobre ponto-e-vírgula, confira as ilustrações de Matthew Inman no site The Oatmeal.

the_oatmeal

Travessão

O traço, ou travessão, é uma peça vívida de pontuação que indica um aparte abrupto. “Pense nele como a representação do movimento que sua cabeça faz quando você olha rapidamente para o lado – um salto no pensamento, um pulinho rápido para um tópico conectado”, diz James Harbeck. Como os parênteses, ele separa uma informação relacionada mas não essencial à sentença. Alguns escritores preferem os parênteses aos travessões – eles fazem essencialmente a mesma coisa – mas de acordo com o Writer’s Digest, travessões são muito mais elegantes. Brian A. Klems observa que o Associated Press Stylebook (N.T.: manual de redação de estilo utilizado pelos jornais dos EUA) recomenda o usar travessões em vez de parênteses porque “Eles [os parênteses] parecem destoantes, e muitas fontes jornalísticas não os utilizam, pois o conteúdo das curvas pode ser mal interpretado pelo leitor.”
Para fazer um travessão no MS Word, pode-se digitar dois hífens ou teclar Ctrl+Alt+hífen.

Elipse

(N.T. Em Português, não há esse sinal de pontuação; utilizam-se as reticências com a mesma função descrita)
A ‘elipse’ é uma besta astuta. Na escrita formal, seu propósito é indicar trechos faltando numa citação. Na escrita informal, no entanto, pode ser usada para omissão de ideias, hesitação, ou uma pausa de efeito dramático. De acordo com o Chicago Manual of Style, “Elipses sugerem um discurso hesitante ou fragmentado acompanhado de confusão, insegurança, estresse ou incerteza.

Uma elipse consiste em três pontos com espaços entre si. Se ocorrer no final da frase de ter um outro ponto adicionado. O Word automaticamente adiciona os espaços quando você digita três pontos em seguida.

keyboard
3 sinais de pontuação para incorporar à sua escrita hoje

Send to Kindle
, ,

2 comments on “3 sinais de pontuação para incorporar à sua escrita hoje”

  1. Lígia Colares disse:

    Muito interessante! Confesso que tenho grande dificuldade com o ponto-e-vírgula, mas os outros, tento usar com bastante frequência. E tb confesso que bangorrhea é muito constante em meus e-mails e textos para o blog, principalmente os mais pessoais hahha! Além disso, tenho que concordar, travessões são muito mais charmosos que os parênteses, depois que os descobri, não uso outra opção! =P Adorei o texto, estou no aguardo para outras dicas de escrita ^^

  2. Cristine Tellier disse:

    Olá Lígia,
    Realmente não é fácil sair da comodidade – e da segurança – de usar apenas vírgulas e pontos. Mas o esforço vale a pena sim.
    Obrigada pelo comentário.

    Abraços e boas leituras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *