12 de janeiro de 2006, 17:23 - Cristine
Drops    3 comentários

As crônicas de Nárnia

As Crônicas de Nárnia
C.S.Lewis

Terminei de ler, ufa!!!
Recomendo a todos que assistiram ao filme e gostaram, mas aos que não gostaram do filme… recomendo também. Não apenas são estórias sobre crianças, são estórias para crianças (independente da idade). O formato da narrativa assemelha-se ao dos contos de fada e em alguns momentos me fez lembrar de As Mil e Uma Noites, provavelmente devido às muitas reviravoltas no enredo.
continua…

18 de novembro de 2005, 19:06 - Cristine
Drops    sem comentários

As intermitências da morte

As intermitências da morte
José Saramago

intermitencias da morteComecei a ler há uma semana e mais uma vez Saramago conseguiu me deixar encantada com a sua prosa. Cada livro dele tem um estilo literário diferente, mas é sempre Saramago, sempre genial. Já tinha me encantado com o Ensaio sobre a cegueira, que ainda continua como o meu predileto… talvez eu mude de idéia ao terminar este. Tudo é possível, como nos livros de Saramago, a realidade travestida de fantasia, a crítica social, política, cultural embutida num enredo que surpreende a cada capítulo, envolvendo o leitor a ponto de fazê-lo carregar o livro para todos os lugares, sem querer interromper a leitura enquanto não chegar ao ponto final.

A personagem principal do livro é a morte, assim mesmo, com letra minúscula, como ela mesma se denomina. Partindo da premissa de que a morte resolveu “deixar de matar”, Saramago analisa todas as implicações que essa reviravolta causa no fluxo natural das coisas. O que acontece aos setores de uma sociedade num país em que ninguém mais morre?

23 de setembro de 2005, 02:05 - Cristine
Drops    1 comentário

Jonathan Strange & Mr.Norrel

Jonathan Strange & Mr.Norrel
Suzanna Clarke

Li e gostei.
Acho que criei muita expectativa baseada nas criticas que li antes de de adquirir o livro e acabei me decepcionando um pouco com o desfecho. Mas o livro é muito bom e vale a pena encarar as 800 e poucas páginas para se entreter com boa literatura. O livro foi descrito por vários críticos como um Harry Potter para adultos. Nada de brincadeiras, jogos de quadribol e aulas de herbologia, apenas boa magia inglesa acrescida de um retrato social extrememente perspicaz da época em que ocorrem os fatos narrados no livro. A declarada influência da autora por Jane Austen, mestra em delinear a sociedade ao seu redor em cores ricas, adiciona um tom novelesco que torna a leitura bastante agradável.

De acordo com a orelha do livro (leitura sempre obrigatória), ele demorou 10 anos para ser escrito, devido à extensa pesquisa histórica feita pela autora. A mistura dos fatos históricos aos personagens muito bem estruturados resulta numa obra-prima que deve estar na prateleira de qualquer aficcionado por livros (bons livros) assim como eu.

jonathan-strange-mr-norrell

Páginas:«1...8687888990919293